quinta-feira, 21 de maio de 2009

POR QUE NÃO DESISTIR?

...e tens perseverança, e suportaste provas por causa do meu nome, e não te deixaste esmorecer. Apocalipse 2:3

INTRODUÇÃO – Não é Fácil

A Bíblia ao longo de suas páginas sempre exalta os valores e as atitudes ligadas a “perseverança”.
Ou seja, a atitude de continuar firme em algum propósito é sempre muito bem vista, louvada e apreciada aos olhos dos escritores bíblicos e também porque não dizer aos olhos do próprio Deus.
Contudo, cá entre nós, nem sempre é fácil continuar firme. Existem tempos da vida em que tudo o que queremos é a doce sensação de desistir. Há momentos em que desistir parece ser a melhor atitude a se tomar. Vejamos algumas:
→É difícil não desistir quando uma doença nos assola há muitos anos.
→É difícil não desistir quando eu oro há muito tempo e nada muda em minha casa.
→É difícil não desistir quando tudo parece estar contra mim.
→É difícil não desistir quando estou passando por privações financeiras.
→É difícil não desistir quando todos prosperam menos eu.
→É difícil não desistir quando o testemunho da vitória não vem.
→É difícil não desistir quando já estou cansado de lutar
→É difícil não desistir quando sou incompreendido.
→É difícil não desistir quando o caminho estreito está quase sem passagem.
→É difícil não desistir quando os sonhos insistem em não se tornar realidade
Nestes momentos tudo o que queremos é parar de lutar e entregar os pontos, é aliviar a carga da nossa alma, do cansaço e da lida da vida.
Por que não desistir?
Por que continuar como continuou o Missionário Inglês que no principio do século dezenove trabalhou por vinte cinco anos em uma base missionária na África. Ele e sua esposa foram para aquela base ainda jovens e ali envelheceram. Durante aqueles vinte cinco anos de trabalho missionário, apenas cinco almas estavam convertidas e firmes no evangelho. Certo dia receberam uma carta de seu pastor na Inglaterra os convidando para passar uma temporada em sua igreja. Eles foram e ficaram um período congregando e comungando com seus irmãos. Um dia seu pastor os convidou a seu gabinete e lhes disse: Meus amados, sabemos que vocês deram seus melhores anos em nossa base missionária na África e poucas conversões aconteceram ali. Nossa congregação hoje lá conta com sete pessoas: vocês e mais cinco africanos; queremos honrá-los pelo tempo de sua vida que entregaram ali na obra do Senhor e lhes dar todo conforto aqui na Inglaterra, casa, um bom salário, e uma posição de honra em nossa igreja, queremos jubila-los entre nós.
Aquele missionário respondeu a seu pastor: Pastor, quando fui para aquela obra o Senhor nosso Deus me disse que ali acabariam meus dias. Se o senhor me permite abro mão de tudo que estão nos oferecendo e quero voltar para lá. Seu pastor permitiu que voltassem. Nos dias posteriores ao retorno deles para a base missionária aquele irmão estava furando uma cisterna em seu quintal e de repente sentiu uma presença olhando para ele de cima do buraco. Quando ele virou os olhos para cima viu um cavalo que o olhava congeladamente e rapidamente ao lado daquele cavalo apareceram dois homens que disseram: (Grande homem que tem o livro de nossa história, queremos te servir.) Rapidamente aquele missionário saiu do buraco e os chamou para dentro de sua casa para conversarem. Aqueles homens nativos contaram para o missionário: Há quatro dias nosso Pajé (guia espiritual) nos ordenou a sairmos correndo pela mata atrás deste cavalo e só pararmos onde ele parasse. Onde esse cavalo parasse estaria o homem que tem o livro. – O missionário respondeu realmente eu sou o homem, (naqueles vinte cinco anos, ele fez toda a tradução do Pentateuco e os evangelhos das línguas originais para o dialeto daquele povo.) Ele foi com aqueles homens para sua tribo e levou as traduções. Chegando lá contou para eles a história da criação do mundo, e o plano de salvação de JESUS CRISTO. Naquele mesmo dia toda aquele povo se converteu a JESUS CRISTO.
Na semana seguinte aquele missionário mandou carta para seu pastor, pedindo que enviasse novos obreiros. Sua congregação estava com mais de doze mil pessoas.

Hoje quero falar de alguém que teve tudo para desistir, mas não o fez: José do Egito.
Sua história foi marcada por sonhos, mas também pela longa jornada até eles se concretizarem.
Ao olhar para a sua história extraímos princípios muito importantes e poderosos que devemos ter em nossa mente e em nosso coração na hora em que pensarmos em desistir.

1° Deus esta Sempre com Você

Isto é a coisa mais importante que você tem que se lembrar nos momentos difíceis: Deus está sempre com Você!
A Bíblia faz questão de deixar claro por várias vezes essa verdade na vida de José:
Gênesis 39:3 Vendo Potifar que o SENHOR era com ele e que tudo o que ele fazia o SENHOR prosperava em suas mãos,
Gênesis 39:23 E nenhum cuidado tinha o carcereiro de todas as coisas que estavam nas mãos de José, porquanto o SENHOR era com ele, e tudo o que ele fazia o SENHOR prosperava
Na vida de José vemos que Deus continuou com ele em vários momentos e também está conosco em situações semelhantes

Deus está com você mesmo que você cometa erros
Jose teve seu sonho cedo - aos 17 anos. Foi quando teve visões de Deus de que, um dia. Seus irmãos e até seu pai se curvariam diante dele. Jose, no mesmo instante, compartilhou essa notícia com sua família, e isso o colocou em apuros. Mas o fato não o deteve.
O inicio de um sonho muitas vezes gera mais entusiasmo do que sabedoria. Dizemos coisas que não devíamos dizer e fazemos coisas que não devíamos fazer.
Como José, por vezes a nossa largada não e muito boa. Mas, diferente de José, tantas vezes desistimos de nossos sonhos nos primeiros estágios quando eles são mais frágeis.
José encoraja-nos a recapturar o sonho que abandonamos e, mais uma vez, o declararmos como sendo o nosso sonho.

Deus está com você mesmo que sua família não esteja
A Bíblia diz que quando Jose contou o sonho que teve para sua família, seu pai respondeu: "Que sonho e esse que tiveste? Acaso, viremos, eu e tua mãe e teus irmãos, a inclinar-nos perante ti em terra?" (Gn 37: 10).
A resposta de seus irmãos foi pior:
“E dizia um ao outro: Vem lá o tal sonhador! Vinde, pois, agora, matemo-lo e lancemo-lo numa destas cisternas; e diremos: Um animal selvagem o comeu; e vejamos em que lhe darão os sonhos”. Gênesis 37:19,20
José não contava com o apoio de nenhum membro de sua família.
Talvez muitos se encontrem da mesma forma, sem apoio do marido ou filhos em um propósito. E estes podem ser os mais variados: Oração, clamor por cura de um parente, busca da santidade, estudos, curso, concurso, trabalho, economia no lar, aquisição de um novo bem
Realmente é muito difícil manter-se firme em um propósito quando sua família deseja que ele seja esquecido. Mas quando esta vontade vem de Deus, você deve renovar as suas forças e continuar na luta.
Olhe para o exemplo de Ana, descrito em 1 Samuel 1. Ana era estéril e tudo o que ela queria era ter um filho para alegrar o coração de seu marido Elcana, para isso ela orava e buscava a Deus. Contudo, ela foi rechaçada, perseguida e zombada por Penina (concubina de seu marido) pois esta era fértil e dava filhos, enquanto Ana não; Ser estéril era motivo de risos e provocações dentro de sua própria casa. Elcana seu marido lhe desincentivou a continuar querendo ter um filho (1 Samuel 1:8); O sacerdote Eli a acusou de embriaguês enquanto ela orava no templo (1 Samuel 1:13).
Mesmo sem ter o apoio de sua família Ana permaneceu firme, e a palavra diz que Deus “lembrou-se dela” 1 Sm 1:19, e ela concebeu a deu a luz a Samuel (profeta, juiz e sacerdote de Israel)

Deus está com você mesmo que a jornada seja cheia de surpresas
Só porque as coisas não saem como o planejado, não ha razão para desistir. Observe as surpresas pelas quais José passou e como ele reagiu:

Mal interpretado por sua família - Desistir?
Vendido como escravo por seus irmãos - Desistir?
Vivendo em um país estrangeiro distante de casa - Desistir?
Favor concedido na casa de Potifar - Continuar!
Acusado sem razão pela esposa de Potifar - Desistir?
Lançado na prisão - Desistir?
Colocado para cuidar de todos os presos - Desistir?
Esquecido pelo copeiro-chefe - Desistir?
Permaneceu na prisão por dois anos - Desistir?
Interpretou o sonho de Faraó - Continuar!
Tornou-se o segundo a comandar o Egito - Continuar!

Por que Jose não desistiu? Afinal, como você e eu, ele teve o dobro de opções para desistir do que para continuar.
Todo sonho, todo proposto, toda jornada, contem surpresas negativas que podem desanimá-lo muito. Como José teve força para não desistir de seu sonho?
Toda vez que se deparava com um momento de desistir na vida, ele percebia que o Senhor estava com ele! Era isso o que importava.
Quando a jornada lhe trouxer imprevistos lembre-se de coisas como:
Deus é bom demais para querer o nosso mal, e Deus é sábio demais para errar.
Quando não consigo achar sua mão, sempre posso confiar em seu caráter
.

Deus está com você mesmo que jornada seja longa
Cerca de vinte anos se passaram desde o momento em que José teve seu sonho até o seu cumprimento.
Quarenta anos Moisés pastoreou cabras antes de libertas o povo de Israel. E mais quarenta anos de deserto até entrarem na terra.
Noé pregou por muitos anos sobre uma chuva que viria.
Nós nunca sabemos qual será o tempo de Deus, mas seja qual for ele, creia que Deus nunca se atrasa. Ele é Senhor do tempo.
Ele continua com você por mais longa que seja a jornada.

2° Cresça Nos Momentos de Desânimo
Sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança.
Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes. (Tiago 1:3-4)
Ao olharmos para a vida de José vemos que ele passou por diversos momentos de difíceis, de perseguição e injustiça.
Mas o importante não foi o que ele falou nestes instantes, o importante foi o que ele não falou!
Não há uma só palavra de reclamação de José escrita em todo relato de sua vida. O autor bíblico jamais menciona José praguejando contra as pessoas ou as circunstâncias. Não se ouvi de sua boca murmurações contra Deus.
Em nossa vida também somos perseguidos, humilhados, expostos, injustiçados, mas é nestes momentos que devemos crescer na fé.
O caminho da perseverança só pode ser trilhado se suportarmos a prova.
Tiago 1:12 Bem-aventurado o homem que suporta, com perseverança, a provação; porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que o amam
Só aprenderemos a perseverar no dia em que o desânimo chegar. Pois perseverar em que se vai tudo bem?
Quando a história da vida apertar creia que Deus está trabalhando e quer que você cresça e se torne um servo ainda mais fiel, ainda mais aprovado, ainda mais cheio do espírito santo.
Quando você se vir em “apuros” pergunte a Deus: “O que o Senhor está querendo me ensinar?”
Não murmure! Não reclame! Não se apavore! Ao invés disso cresça.
Como Tiago diz: ... para que sejamos perfeitos e íntegros, em nada deficientes.

3° A Auto Promoção Jamais Substitui a promoção Divina
Ao longo da vida somos tentados a dar uma “forcinha” para Deus. Caímos no ledo engano de tentar acelerar as coisas, para que consigamos o que queremos logo.
Toda vez que José tentou se auto-promover isso funcionou contra ele:
→ Foi assim quando contou o sonho para seu pai (foi repreendido)
→ Foi assim quando contou o sonho para seus irmãos (foi lançado na cisterna)
→ Foi assim quando pediu para o copeiro chefe lembrar-se dele (foi esquecido)
Poderia ainda citar outros casos como o de Sara, que não agüentou esperar e quis auto-promover o filho da promessa, pedindo para Abraão se deitar com sua serva, Hagar.
O resultado foi Catastrófico. Brigas, intrigas, ciúmes e uma guerra entre povos que dura até hoje entre os descendentes de Ismael e Isaque.
Em José eu aprendo que a única mão que pode governar nossas histórias é a mão de Deus. Se “colocarmos a mão” o tempero desanda.
José teve que aprender a esperar pacientemente na prisão, até que fosse o momento de Deus promovê-lo.
Ao final de sua vida José parecia ter aprendido a lição, aí então ele pode dizer:
Gênesis 50:20 Vós, na verdade, intentastes o mal contra mim; porém Deus o tornou em bem, para fazer, como vedes agora, que se conserve muita gente em vida.
José atribui sua espera, sofrimento, angústia, provação, posição, sua conquista e sua vitória não aos seus méritos, mas à Deus.
Aprenda a esperar a ação de Deus em sua vida. Aguarde ele lhe colocar onde ele quer.
Bem aventurados são aqueles que esperam no Senhor.
Isaías 64:4 Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu Deus além de ti, que trabalha para aquele que nele espera.
Por que não desistir? Porque um dia espero ouvir da boca do meu senhor: “e tens perseverança, e suportaste provas por causa do meu nome, e não te deixaste esmorecer”. Apc 2:3
Pr. Christian A. Doerzbacher

4 comentários:

  1. Mensagem muito edificante.
    Que Deus continue lhe usando poderosamente!!

    ResponderExcluir
  2. palavra que explica o resultado da perseverança, que é a recompensa da promessa cumprida

    ResponderExcluir
  3. Ontem e hoje eu pensei em desistir.O sofrimento foi tâo grande,mais tão grande que eu me senti sufocada,sem reação.Não consegui chorar,desesperar,orar,lê a palavra, nada.Só que eu sei que não é a solução.Eu preciso suportar o dia mal,sempre na presença de Deus,pq o pouco que saio nestes momentos de desespero só peco e me sinto pior depois,não resolve nada,só piora a situação.Essa palavra veio ao meu encontro e me reconfortou "um pouco".E pode ter certeza que esse "pouco" pra mim eu achava impossível acontecer,e me ajudou muito.Obrigada!!!Deus te abençoe

    ResponderExcluir
  4. Palavra linda . realmente andei pensando em desistir recentemente . mas só Deus pra nos confortar , só esperando em Deus é que as coisas acontecem .

    ResponderExcluir